Perguntas e Respostas Sobre a Eurodisney

 

 

 

 

 

 

 

(Nota do editor: alguns dados deste artigo mudaram e foram atualizados, dia 18/01/2017, aqui.)

• Devo ir à Disney nos Estados Unidos ou na Europa?

Se você quer viajar com o principal objetivo de ir aos parques da Disney, vá para os EUA.

• Estou na Europa. Vale a pena eu ir à Disneylândia em Paris?
Se você estiver em Paris, sim. Se você precisar viajar de outro país só para isso, não. Muito menos se estiver em viagem curta, com os dias contados, e precisar abdicar de visitar outros lugares da capital francesa por causa disso. Paris é muito melhor que a Disney.

• Vale a pena comprar o ingresso para visitar os dois parques em um só dia?
Sim, se você ler direitinho as questões seguintes e souber organizar sua visita. Se for como um louco desavisado, não.

• Qual o melhor parque da Eurodisney? Disneyland ou Walt Disney Studios?
Depende do tipo de programa que quer e da companhia que terá. Por exemplo, se você está com os filhos… Ambos têm atrações para todas as idades, mas o primeiro é mais infantil, e maior.

• A Disney é boboca?
É. Mas se você nunca foi boboca, provavelmente deve ser um boboca agora.

• Os parques da Disney são muito melhores do que os outros?
São. Mas não MUITO. São perfeitos na limpeza, organização logística, manutenção. A Eurodisney fica devendo muito em sinalização. Perde-se muito tempo para saber onde fica e do que se trata cada atração. Mapas estão disponíveis na entrada, mas apenas lá. Quanto às atrações, é o padrão de sempre de parques de diversões grandes. Algumas até mais fraquinhas.

• A Disney é como eu sempre sonhei?
Não.

• Que tipo de atração vai me surpreender na Eurodisney?
Nenhuma. Se você tem televisão e internet em casa, ou se já foi a algum parque de diversões de tamanho grande, não vai ficar de boca aberta com nada.

• Como aproveitar o tempo na Disney?
Antes de ir, você deve se informar sobre as atrações; quais “brinquedos” você deseja entrar. Se você tem iPhone, baixe o app Disneyland Paris. Com ele, dentro dos parques apenas, se tiver conexão 3G (não há wi-fi liberado), poderá verificar qual é o tempo de espera nas filas, sempre atualizado. Os tempos também estão disponíveis em uma placa na frente de cada um. Em alguns, chega a levar mais de uma hora, dependendo do dia, da hora e da popularidade da atração. Porém, a melhor dica é a seguinte: a primeira coisa ao chegar é percorrer todos os brinquedos de interesse e retirar um fast pass em cada um. Fast pass é uma “senha” que permite que você não fique aguardando na fila. Ele diz o horário em que deve voltar para poder ingressar direto na atração. É assim que toda fila deveria ser. Está disponível apenas nos brinquedos mais procurados, claro — naqueles em que a espera é maior do que cinco minutos.

• Posso trocar de parque quantas vezes eu quiser?
Com ingresso para os dois parques, sim. Mesmo que já tenha saído de um, você pode voltar. Mas claro: só no dia no qual seu ingresso for válido.

• Quanto custa e como comprar os ingressos para a Eurodisney?
Não vou passar a tabela de preço aqui pois isso muda. Vou falar da essência. O mais caro é o comprar na hora, no guichê. Pela Internet é mais econômico (em 2012, aniversário de 20 anos da Disneyland Paris, era 20% menos). Para criança é cerca de 15% mais barato. Há também uma forma mais vantajosa ainda de se comprar pela Internet (no meu caso, pelo aplicativo para iOS da Fnac francesa). É o ticket chamado Francillien. Trata-se de um ingresso de valor único, tanto para adultos quanto para crianças, mas que só pode ser adquirido com data certa de uso e para, no mínimo, cinco dias após a compra. Para fim de semana é mais caro. No meu caso, para a opção “um dia/dois parques”, 53€ para o sábado. Custava 45€ para dia de semana. Se você já está na França e vai comprar pela Internet, o melhor é escolher a opção de ir retirar em uma loja Fnac. Afinal, você não deve ter impressora no quarto do hotel e não quer se incomodar de ir até uma loja de cópias só para imprimir o voucher.

• Como eu chego à Eurodisney?
A Disneyland Paris não fica em Paris. Fica na cidade Marne-la-Vallée. Bem pertinho. A forma mais econômica é ir de RER (um tipo de trem). O transporte na “Grande Paris” é dividido em zonas. Zona 1 é o miolo da capital. Zona 2 pega as cidades mais próximas ainda no centro urbano, como Puteaux (La Défense), Neuilly-sur-Seine, Vincennes. A Disney fica na Zona 4. Então, por exemplo, se você já está usando algum tipo de passe que lhe permita todos os meios de transporte nas zonas 1 e 2 (o que geralmente acontece com quem passa mais tempo na capital), basta comprar um ticket do RER A da zona 2 até a 4, que custa 6,20€, e, na volta até a zona 2 (no caso, Vincennes). Se você não tem ticket algum para zona alguma, mais simples ainda. Só importa saber que você irá para a Marne-la-Vellée. Toda estação de RER tem um guichê de compra de tickets, com um terminal intuitivo e fácil de usar. O único conselho que dou é que você se familiarize com o funcionamento do sistema de transporte por trilhos, estudando com atenção o mapa. Na zona 1, todas as estações de RER têm correspondência com alguma estação de metrô, ou seja, todo transporte está integrado, facilitando sua vida.

• Tem lojas de souvenirs dentro dos parques?
O que mais tem na Eurodisney são lojas. Arrisco que 90% das portas do local são comércios (incluindo restaurantes).

• Comprar lá dentro é caro?
Todo mundo diz que as coisas dentro dos parques da Disney em Paris são caras. Claro que produtos licenciados não são uma pechincha, mas vi muitos mais baratos do que no Brasil. E para comer, você consegue um menu de sanduíche, refri e acompanhamento por 11€, quase o mesmo que em um McDonalds. Ou seja: é caro? Porra, você está na Disney! Não vai querer pagar preço de camelô e de boteco sujo de esquina.

• Posso me hospedar dentro da Disney?
Sim. Tem hotéis para todos os bolsos. Ou quase todos.

• A Disneyland Paris é um erro?
Acredito que Paris não deveria sediar uma Disneylândia. Digo, culturalmente. Isso é coisa para o Novo Mundo. Imagine-se passeando por Paris, pela França, pela Europa, tendo 5 mil anos de história sob seus pés, ao alcance de suas mãos, refletindo em seus olhos surpresos. Visualize a tranquilidade das praças, a educação e cultura das pessoas, seus hábitos, o estilo europeu de ser… Aí, você chega na Disney e encontra uma reprodução daquilo tudo que você viu de verdade, só que de plástico. Encontra um modo americanizado de turismo, de comércio. Até as pessoas se comportam pior por lá. Deve ser a quantidade maior de turista por metro quadrado ou o estado de euforia consumista que se abate sobre eles.

• Mas afinal, você gostou ou não da Eurodisney?
Descobri por que eu quis tanto ir lá. Ver os olhos encantados de minhas duas filhas é suficiente para fazer ter valido à pena.

São apenas algumas dicas sobre a Eurodisney.

15 thoughts on “Perguntas e Respostas Sobre a Eurodisney”

  1. Fazermos tudo por essas crianças! tudo é lindo junto deles! Adorei a Disney de Paris…. ver o rostinho de tamanha felicidade da minha princesinha… Não Teve Preço! Mas o melhor de tudo foi poder voltar pra Paris e flanar pelas suas ruas de e avenidas… ai, ai…..

  2. Digitei no google: Disneyland Paris vale a pena?
    E olha o que eu acho, Blog do Cuca. Pior, o Cuca meu tio!!!
    Já estou me deliciando nas notícias sobre Paris. Quero saber de tudo sobre aquele lugar.
    Ainda bem que fiz parte do grupo “Farofa em Paris” e pude acompanhar um pouco da viagem de vocês!!
    Super beijoo.

  3. Vale a pena pegar esse transporte de onibus fretado que tem hora pra sair e pra chegar?
    Outra pergunta, minha filha tem 4 anos e não irá aguentar muita coisa, eu e meu marido também não estamos morrendo de amores pela eurodisney. Você sugeriria um dos parques em específico? algo que tenha mais o tema de princesas a tal parada que as meninas adoram.
    Super obrigada pelas dicas!

    1. Rebeca, eu não conheço esse transporte de ônibus que você fala. Se você vai ficar certo tempo lá, e vai utilizar diariamente o transporte público, creio que vá estar acostumada a deslocamentos e vai aprender como funciona o serviço de trens e metrô lá. Então, provavelmente esta será a maneira mais rápida, fácil e econômica de ir ao parque. Com relação aos parques, a Disneylândia é o mais indicado para sua filha; é onde tem a parada e as princesas. O Walt Disney Studios é mais voltado aos mais crescidinhos e não tem nada de princesas. São mais os filmes. Abraços e boa viagem!

  4. Olá.
    Saberia me informar se posso sair dos arredores do parque e voltar mais tarde? Vou no dia 31/12 e ficar pro Reveillon, a ideia é chegar pela manhã, sair para descansar no meio da tarde e voltar a noitinha.
    GRato,

  5. Sabe se for no dia do aniversário tem alguma vantagem, tipo não pegar fila?
    Porque na discney de Orlando tem, e vamos passar o dia do aniversário de meu marido em Paris.
    Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *